Como comprar e vender criptomoedas em 2021

As criptomoedas são um assunto popular em todo o mundo desde há alguns anos. As pessoas falam sobre este assunto quando o seu valor cai ou aumenta significativamente. Algumas pessoas até acreditam que é uma moeda para o futuro. Países, empresas e CEOs estão a adotar as criptomoedas como meio de pagamento e até mesmo como forma de investimento. Os países da América Latina e das Caraíbas não ficam atrás, pois têm plena consciência da importância económica desta tecnologia de blockchain.

As criptomoedas ou cripto são um meio descentralizado de pagamento e de troca. São moedas eletrónicas usadas para trocas. As criptomoedas funcionam através de um tipo de tecnologia conhecido como blockchain. Blockchain é uma tecnologia descentralizada que abrange muitos computadores. Esses computadores gerem e registam as transações e trocas efetuadas. São descentralizadas porque, em grande medida, não são regulamentadas pelas autoridades governamentais dos países. No entanto, por questões de segurança, os governos de diferentes países começaram a regulamentar as atividades de cripto nos seus respetivos países.

Envolver-se na troca de criptomoedas pode parecer complicado no início. Mas, após dedicar algum tempo a entender como funciona, perceberá que não é assim tão difícil. Existem muitas notícias de cripto sobre pessoas em todo o mundo que são enganadas e perdem dinheiro. No entanto, é mais fácil comprar e vender criptomoedas hoje em dia, em comparação com o passado. No ano passado, houve uma série de flutuações de preços, com pessoas que ganharam e outras que perderam dinheiro. Compreender completamente o mercado de cripto fará com que ganhe mais e perca menos.

Os aspetos seguintes são etapas fundamentais na compra e venda de Bicoin e de outras criptomoedas.

  1. Decida em que criptomoeda deseja investir. Não é possível negociar todas as criptomoedas. Mas deve ser capaz de negociar todas as principais moedas, como Bitcoin, Ethereum, XRP ou Litecoin. Alguns outros exemplos de criptomoedas são Cardano, Polkadot, Chainlink, Stellar, Tether, Monero, Dogecoin, NEM, Cosmo, TRON, Neo, THETA.
  2. Escolha uma plataforma de trocas ou de negociação online: estas plataformas são sites e aplicações que lhe permitem trocar a sua moeda local por criptomoedas. As plataformas de troca na América Latina incluem a Bitso, Ripio, Volabit, Cryptobuyer, Bitex, Crypto Market, Panda Exchange. Algumas corretoras disponíveis nas Caraíbas são Coinbase , Coinmama Kraken , Bittrex , Binance , Paxful, LocalBitcoins , Wirex , Poloniex . Primeiro, criará uma conta numa das plataformas à sua escolha. Após criar a sua conta, poderá guardar as suas criptomoedas na sua carteira de blockchain. Uma carteira de blockchain é uma carteira digital que permite ao utilizador gerir as suas criptomoedas. É essencial usar, pelo menos, duas destas plataformas.
  3. Ligua a sua conta da corretora escolhida a um método de pagamento: pode associar a sua conta bancária ou um cartão de crédito ou débito. A maioria destas plataformas permite que os utilizadores façam ou recebam pagamentos por meio de transferências bancárias e cartões de crédito. Associar o cartão de crédito à carteira eletrónica pode não ser totalmente boa ideia. Além disso, certifique-se de que o seu banco não apresenta nenhuma restrição contra criptomoedas.
  4. Escolha a sua estratégia de negociação: não deve negociar sem compreender totalmente o mercado. Seria aconselhável se dedicasse algum tempo ao estudo das tendências de mercado. Os preços altos ou baixos das criptomoedas dependem de muitos fatores. Estes fatores incluem atualizações de software de blockchain, notícias, oferta vs procura, campanhas publicitárias ou regulamentações governamentais. Quanto mais pessoas lidarem com as criptomoedas, mais estes fatores irão influenciar o mundo de cripto.
  5. Pratique a sua estratégia de negociação: isto é feito ao negociar verdadeiramente. Pode começar com pequenas quantidades ou praticar em contas de demonstração. Isto fará com que melhore as suas capacidades. É crucial saber quando sair de uma negociação. Negociar criptomoedas é um investimento de risco. Para minimizar as perdas, deve disciplinar-se no que diz respeito à melhor altura para sair de uma negociação.
  6. Transfira as suas moedas/faça pedidos: assim que se aperceber de que tem um conhecimento profundo sobre o mercado das criptomoedas, pode escolher qual a moeda a comprar e fazer o seu pedido.
  7. Assim que as suas compras tiverem sido efetuadas, pode escolher se pretende guardar as criptomoedas ou vendê-las.

Tal como qualquer outro investimento, as criptomoedas apresentam riscos. As criptomoedas são consideradas uma das formas mais voláteis de investimento. O valor das criptomoedas pode aumentar e diminuir a qualquer momento, devido a diversos fatores. Antes de usar qualquer plataforma de negociação ou comprar/vender, faça descobertas adequadas sobre aquilo com que está a lidar. Acima de tudo, não coloque o seu dinheiro e recursos em algo que desconhece.